Home         |      Contato

 › Contribuição Sindical

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL

A Contribuição é devida por todos que participam de uma determinada categoria econômica ou profissional ou de uma profissão liberal, em favor do sindicato representativo da mesma categoria ou profissão. Portanto, sua natureza jurídica é tributária, compulsória, pois independente da vontade do contribuinte de pagar ou não o tributo.

O art. 589, da CLT, determina que a arrecadação obrigatória constitui um fundo na Caixa Econômica Federal, em uma conta corrente chamada Depósitos da Arrecadação da Contribuição Sindical, e prevê a distribuição dos recursos recolhidos: 5% para a Confederação correspondente; 15% para a Federação; 60% para o sindicato respectivo; e 20% para a Conta Especial Emprego e Salários, do Ministério do Trabalho.

De acordo com o artigo 599 da CLT, o não pagamento dessa contribuição pelos Profissionais Liberais poderá consistir na suspensão do exercício profissional, aplicada pelos órgãos disciplinadores das respectivas profissões, até sua necessária quitação.

Em decorrência desse imperativo legal, o Conselho Federal de Contabilidade, através da resolução nº 899 de 22/03/2001, determinou a impossibilidade de fornecimento da Certidão de Regularidade, para o exercício da profissão contábil, aos profissionais que não estiverem em dia com suas obrigações, dentre as quais o recolhimento da Contribuição Sindical.

Aos Contabilistas com vínculo empregatício, para a não efetivação do desconto de um dia de salário a que se refere os artigos 582 e 585 da Consolidação das Leis do Trabalho, ressaltamos a necessidade de informar à área de Recursos Humanos da empresa em que trabalha, sobre a opção de pagamento da Contribuição Sindical unicamente ao Sindicato dos Contabilistas de Santa Cruz do Sul, não sofrendo, portanto, nenhum desconto para qualquer outro sindicato, visto que seu recolhimento é um dos requisitos para o exercício legal da profissão, nos termos do art. 599 da CLT.

Lembramos aos colegas, titulares de escritório individual ou sócios de empresa de contabilidade que a Contribuição Sindical, de acordo com o art. 580, incisos II e III da CLT, é devida de forma distinta pelo profissional ao SINCOTEC-VARP, por se tratar de pessoa física, e pelo escritório ou sociedade ao SESCON-RS, por se tratar de pessoa jurídica, conforme Ofício-circular nº 079/96, de 26 de setembro de 1996, da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis – FENACON e da Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL. Maiores informações poderão ser obtidas junto aos Departamentos Jurídicos dos respectivos entidades.

O pagamento deverá ser feito até o dia 28 de fevereiro de cada ano e poderá ser recolhida em qualquer agência bancária, pela Caixa Econômica Federal e unidades lotéricas.

Para o Exercício de 2019 foi fixada no valor de R$ 169,00 e com vencimento em 28/02/2019.

 

 

SINDICATO FORTE = CLASSE CONTÁBIL VALORIZADA

Para imprimir a guia, clique no botão abaixo:

 

AGENDA
 Cursos e Palestras
 Seminários
 Assembleias
 Eventos Sociais
 Reuniões Diretoria
PUBLICAÇÕES
 Notícias
 Artigos
OUTROS LINKS
Contribuição Sindical
Cartilha do Empreendedor
MEI - Guia Prático
PUBLICIDADE
Anuncie Aqui !!!
Anuncie Aqui !!!
Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Rio Pardo - SINCOTEC-VARP
Endereço: Av. dos Imigrantes, 469 - Santa Cruz do Sul - RS
Telefone/Fax: (51) 3711-3487   Fone: (51) 3713-3798    |   E-mail: [email protected] e [email protected]
© Copyright 2012 SINCOTEC-VARP    |   Todos os direitos reservados  
Página Inicial